Quem pode praticar o método PILATES?

Método pode ser feito em qualquer idade e ajuda na redução da dor crônica e depressão.

Shari Berkowitz descobriu o Pilates depois de ter tido um grave acidente na coluna e sofrido três hérnias de disco no pescoço e uma na coluna vertebral durante uma apresentação de dança do palco. Após meses de fisioterapia ela conseguiu se recuperar, mas foi o Pilates que lhe deu “força e confiança na minha capacidade de movimento, a capacidade de voltar a se mexer” disse ela. O método a levou a recuperação completa e a inspirou a se tornar uma instrutora de Pilates e abrir um estúdio.

Berkowitz não é a única devota do Pilates, existem muitos estúdios e instrutores que divulgam uma frase de seu fundador Joseph Pilates: “Em dez sessões você se sente melhor, com vinte você melhora, em trinta você tem um corpo totalmente novo”.

O Pilates, um treinamento de resistência de baixo peso pode nos ajudar de maneiras importantes, tendo seis princípios bases para nosso corpo e mente:

  • Concentração
  • Centralização
  • Precisão
  • Respiração
  • Controle
  • Fluidez

O Pilates é uma atividade de baixo impacto, o que a torna uma opção acessível para pessoas de todas as idades e capacidades físicas. No entanto, é importante destacar quem pode praticar o Método Pilates, pois existem considerações a serem feitas para determinar se o Método é adequado para cada indivíduo.

Abaixo listamos 5 passos para você saber as formas de começar a praticar Pilates.

  1. Considerações médicas

O método Pilates pode ser indicado através do seu médico. Pessoas com problemas de saúde podem praticar o Método Pilates com segurança, desde que tomem as medidas necessárias e trabalhem com um instrutor experiente e qualificado que possa adaptar os exercícios às suas necessidades específicas.

Por exemplo, indivíduos com problemas na coluna podem precisar de modificações nos exercícios para evitar tensão ou pressão excessiva.

  1. Idade

Pessoas de qualquer idade podem praticar Pilates, desde crianças até idosos participam das aulas do Método. No entanto, a abordagem para cada faixa etária deve ser diferente.

Por exemplo, os pequenos precisarão de uma abordagem mais lúdica e divertida para se envolver com os exercícios de Pilates, enquanto os idosos precisam de modificações nos exercícios para compensar a perda de massa muscular e flexibilidade associada ao envelhecimento.

  1. Gravidez

O Pilates é uma excelente forma de exercício físico para mulheres grávidas, desde que seja realizado com moderação e sob a orientação de um instrutor experiente.

Afinal, pode ajudá-las a manter a força muscular, flexibilidade e equilíbrio durante a gestação, além de preparar o corpo para o parto.

No entanto, é importante lembrar que existem modificações específicas que devem ser feitas nos exercícios para acomodar as mudanças físicas que ocorrem durante a gestação.

Por exemplo, algumas posições de Pilates costumam ser desconfortáveis ​​ou mesmo perigosas para mulheres grávidas, especialmente à medida que a gravidez avança.

  1. Nível de habilidade física

O Pilates é adequado para pessoas de todos os níveis de habilidade física, desde iniciantes até avançados. Porém, essa é uma atividade que requer técnica e precisão, o que deve levar tempo e prática para dominá-la corretamente.

As pessoas que são novas no Pilates devem começar com exercícios mais simples e trabalhar gradualmente até os mais avançados.

Lembre-se que o objetivo dessa atividade não é apenas executar os movimentos corretamente, mas também focar na qualidade e precisão, além da conexão entre a mente e o corpo.

  1. Alimentação ideal

O Método enfatiza a conexão mente e corpo tornando a nutrição uma parte fundamental da rotina de Pilates.

Dessa forma, uma dieta equilibrada composta por alimentos nutritivos é essencial para manter a energia e a força necessárias para uma aula de Pilates eficaz.

Além disso, estudos científicos confirmam uma série de benefícios para a saúde. Afirmam que o Pilates ajuda a melhorar a resistência, flexibilidade, reduz a dor crônica e contribui com a ansiedade e depressão.

Cadastre-se receba nossa NEWSLETTER

Pilates para homens

Fazer Pilates pode ser muito bom para os homens! Eles geralmente exercitam poucos músculos, focando-se nos bíceps, tríceps, no peitoral e no abdômen. Porém, essa preferência acaba deixando o corpo desequilibrado e confere malefícios estéticos. Aderir à prática de Pilates, inclusive como um complemento da musculação e de outros esportes, corrige esse desbalanceamento, ao estimular e trabalhar o corpo todo, até mesmo aquelas partes ignoradas nos treinos de academia.

Aulas personalizadas para todo homem praticar sem medo!

Isso acontece porque o Pilates atua com movimentos não-repetitivos que não utilizam impacto e que apresentam alta intensidade. Através de aparelhos ou de exercícios solo, os movimentos de Pilates contemplam todos os músculos do corpo, desde os mais profundos até os mais superficiais, alongando, fortalecendo e corrigindo os vícios da postura, do abdômen, do tórax, dos ombros e de tantas outras partes.

Assim, o homem terá um corpo mais definido, bonito e sarado. E mais ainda, ele poderá ter um condicionamento melhor em outros esportes, ser mais flexível, ter maior consciência corporal e coordenação motora. Conte, então, com a Studio Corpus Pilates para ter aulas personalizadas segundo os interesses e necessidades específicas do público masculino, tudo para que você tenha o melhor resultado no menor prazo.

Pilates para mulheres

Os exercícios de Pilates têm o poder de resolver uma série de problemas relacionados à postura e à condição física, através de atividades de baixo impacto e alta intensidade, trazendo muitos benefícios à vida de qualquer mulher. O Pilates tonifica os músculos, corrige a postura, elimina dores e lesões, reduz os níveis de stress e ainda distribui melhor a gordura, deixando as mulheres muito mais bonitas, saudáveis e felizes.

Pilates: vantagens para o corpo e a mente de qualquer mulher

Fazer Pilates consiste em realizar uma série de exercícios que estimulam e alongam todos os músculos do corpo, desde os mais superficiais até os mais profundos. Utilizando-se da fisionomia do próprio corpo, essa atividade física trabalha as partes superiores e inferiores, o abdômen, a coluna cervical, o pescoço e outros tantos órgãos, deixando-os fortalecidos, corrigindo erros e vícios e melhorando sua aparência.

E não é só isso! Outros benefícios do Pilates consistem em melhorar a concentração e em trazer relaxamento, já que o Pilates exige que a pessoa use e abuse da respiração, tenha foco e determinação e evite pensar em problemas durante sua prática. Assim, mulheres de todas as idades e perfil podem se beneficiar com essa atividade secular, que já é adotada há décadas por pessoas do mundo todo.

Pilates para idosos

A chegada da chamada melhor idade traz a necessidade de atenção específica à saúde e aos exercícios físicos de qualquer pessoa. A composição óssea e o tônus muscular e dos ligamentos, além do equilíbrio postural, tendem a perder qualidade com o passar dos anos. Por isso, a prática de Pilates para idosos é fundamental para restaurar a qualidade de vida e preservá-la ao longo dessa nova e delicada fase.

Um exercício perfeito quando a atenção precisa ser redobrada

Pilates, diferentemente de outros exercícios e práticas físicas, é perfeito para essa fase da vida, em virtude de sua filosofia. Trata-se de uma modalidade que não causa impactos, já que seus movimentos utilizam a própria anatomia dos músculos humanos. Assim, até mesmo os idosos mais debilitados podem se beneficiar, tendo em vista que eles ganharão qualidade de vida ao passo em que corrigem seus vícios e seus problemas de saúde.

Os movimentos não são repetitivos, de modo que todos os músculos do corpo são exercitados, de formas diferentes e adversas ao longo das aulas. Assim, os idosos poderão fortalecer sua postura, suas juntas, suas articulações, seu equilíbrio, sua flexibilidade e sua coordenação motora, tudo isso enquanto eles movimentam seu corpo e desestressam a mente. Logo, para a melhor idade ficar ainda melhor, conte com as vantagens e os benefícios do Pilates!

Pilates para gestantes

O parto e os cuidados com o bebê depois do nascimento exigem muito do corpo. Use a gestação para se preparar, praticando o Pilates. Afinal, trata-se de um período ideal para fortalecer seu corpo e sua mente com tranquilidade. Os profissionais da Studio Corpus Pilates estão prontos para atendê-la nesse momento tão importante de sua vida, sempre respeitando seus limites e atendendo às suas expectativas.

Uma prática cuidadosa e detalhista, perfeita para as futuras mamães

Recomenda-se fazer Pilates a partir do terceiro mês de gestação, até o sétimo mês. As aulas da Studio Corpus Pilates focam em movimentos musculares completamente benéficos para a saúde da mãe e do bebê, como o abdômen, os glúteos, a parte inferior das costas, as pernas e a postura, os quais não utilizam impacto. Com isso, a gestante poderá amenizar as dores da transformação do corpo, facilitar o trabalho de parto, acelerar a recuperação física pós-parto, aumentar a oxigenação do feto e se desestressar durante o vai-e-vem hormonal da gestação.

A equipe da Studio Corpus Pilates sabe até que ponto a gestante pode ir para que o Pilates não deixe de se tornar benéfico para se tornar prejudicial. Por isso, conte com as suas aulas personalizadas, que trarão mais saúde e vantagens às futuras mamães, através de movimentos cuidados e detalhistas, feitos com amor para quem mais precisa.

×